quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Posição lateral de segurança

Se a vítima está a respirar com normalidade deve colocá-la na posição lateral de segurança, peça auxílio e até os bombeiros chegarem verifique se a respiração se mantém.


video

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Suporte Básico de Vida (para adulto)

Toque nos ombros da vítima e pergunte num tom audivel:

"Está tubo bem" ou "Está-me a ouvir"

1- Se a vítima responder...

- Deixa-a na posição em que a encontrou, desde que não corra perigo;

- Tente descobrir o que se passa e peça ajuda, tente sempre acalmar a vítima;

- Reavalie o seu estado periódicamente.

2-Se a vítima não responder...

- Coloque a vitima em decúbito dorsal e abra as vias aéreas inclinando a cabeça para trás e elevando o maxilar;

- Coloque a sua mão na testa da vítima e incline cuidadosamente a cabeça para trás, mantendo o polegar e o dedo indicador livres;

- Com as pontas dos dedos por baixo do queixo da vítima, eleve o maxilar inferior para abrir as vias aéreas

- veja se existem movimentos torácicos;

- oiça se saem ruídos da boca da vítima;

- sinta se existe expiração de ar para a sua bochecha (durante 10 minutos).

A vítima encontrar-se com dificuldades respiratórias aplique compressões toráxicas e insuflações.


video

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Ser socorrista

Ser socorrista não é ter recursos ilimitados.

Isso é ser um super heroí!


Ser socorrista é outra coisa!

Ser socorrista não é voar até ao acontecimento.

Isso é ser um pássaro!

Ser socorrista é outra coisa!

Ser socorrista não é salvar os pobres e infermos.

Isso é ser o robin do Bosques!
Ser socorrista é outra coisa!




Ser socorrista é:

- Ser corajoso
- Humano
De maneira a ter uma acção primordial embora limitada e provisória no apoio á vítima.

Primordial porque é o primeiro a prestar qualquer cuidado aos sinistrados;

Limitada porque o conhecimentos do socorrista só lhe dão capacidade para fazer os primeiros curativos e evitar que a situação do sinistrado se agrave;

Provisória porque no momento em que um clínico tome conta do caso a missão do socorrista está terminada.
É importante reter:

Para uma vida salvar, por vezes, os primeiros socorros é primordial prestar!